Never Ending Story

RPG secreto sobre Hogwarts!
 
InícioInício  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Palácio de Buckinham

Ir em baixo 
AutorMensagem
Dante Dúath Black
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 136
Data de inscrição : 29/05/2009

MensagemAssunto: Palácio de Buckinham   Sab Maio 30, 2009 8:48 pm



O Palácio de Buckingham é um dos principais símbolos britânicos. Este palácio, além de ser a residência da monarquia britânica, é também uma galeria de arte e uma atracção turística. Por trás das grades douradas e dos portões, que foram feitos pela Corporação de Bromsgrove, e da famosa fachada de Webb, a qual foi descrita como "a ideia que todas as pessoas têm de um palácio", o numeroso pessoal empregado pela Casa Real mantém a monarquia constitucional britânica em funcionamento.

Todos os anos, cerca de 50.000 hóspedes convidados são entretidos em Festas de Jardim, recepções, audiências e banquetes. As Festas de Jardim, habitualmente três, realizam-se no Verão, normalmente em Julho. O átrio do Palácio de Buckingham é usado para o "Render da Guarda" (também conhecido como "Troca da Guarda"), uma importante cerimónia que é usada como atracção turística (diariamente durante os meses de Verão; em dias alternados durante o Inverno).

O Palácio de Buckingham não é propriedade privada do monarca; tanto o Castelo de Windsor como o Palácio de Buckingham e as suas colecções de arte pertencem à nação. O mobiliário, pinturas, equipamentos e outros artefactos de ambos os palácios, muitos deles feitos por Fabergé, são conhecidos colectivamente como a Royal Collection; sendo propriedade da nação, podem ser admirados pelo público. A Galeria da Rainha, próximo dos Royal Mews, está aberta ao público durante todo o ano e expõe uma selecção de elementos da colecção que vai sendo alterada. As salas que contêm a Galeria da Rainha encontram-se no local da antiga capela, danificada num dos sete bombardeamentos que atingiram o Palácio no decorrer da Segunda Guerra Mundial. As Salas de Estado do Palácio estão abertas ao público durante os meses de Agosto e Setembro, desde 1993. O dinheiro cobrado em taxas de entrada foi, originalmente, usado na reedificação do Castelo de Windsor, seriamente danificado num incêndio ocorrido em 1992, o qual destruiu muitas das suas Salas de Estado.

Interior

A área ocupada pelo palácio contém 77.000 metros quadrados (828.818 pés quadrados)[26]. As principais salas do palácio estão contidas no "piano nobile", por trás da fachada Oeste do jardim, nas traseiras do edifício. O centro deste ornado conjunto de Salas de Estado é a Sala de Música, sendo o seu grande arco a característica dominante da fachada. Flanqueando a Sala de Música estão as Salas-de-Estar Azul e Branca. No centro do conjunto, servindo de corredor de ligação entre as várias salas de estado, fica a Galeria dos Quadros, a qual é iluminada a partir do topo e possui 55 jardas (50 m.) de comprimento. A galeria está relacionada com trabalhos de Rembrandt, van Dyck, Rubens, e Vermeer. Outras salas que conduzem à Galeria dos Quadros são a Sala do Trono e a Sala-de-Estar Verde. A Sala-de-Estar Verde é usada como uma enorme antecâmara da Sala do Trono e faz parte da via cerimonial que vai desde a Sala da Guarda, no topo da Grande Escadaria, até ao trono. A Sala da Guarda contém uma estátua, em mármore branco, do príncipe Alberto em traje romano, colocado numa tribuna, alinhada com tapeçarias. Essas salas muito formais são usadas, unicamente, em ocasiões cerimoniais e de interesse oficial.

Imediatamente abaixo dos Apartamentos de Estado fica um conjunto de salas ligeiramente menores, conhecidas como os apartamentos semi-estatais. Abrindo-se a partir da galeria de mármore, essas salas são usadas para recepções menos formais, como festas de almoço e audiências privadas. Algumas das salas foram nomeadas e decoradas para determinados visitantes, tal como a "Sala de 1844", que foi decorada naquele ano para a visita de estado do Czar Nicolau I da Rússia. No centro deste conjunto fica a Sala do Arco, pela qual passam anualmente milhares de convidados para as Festas de Jardim da rainha, realizadas nos jardins depois dela. A rainha usa privadamente um conjunto mais pequeno de salas na ala Norte.

Entre 1847 e 1850, quando Blore construía a nova ala Este, o Royal Pavilion, em Brighton, foi uma vez mais espoliado do seu mobiliário. Como resultado disso, muitas das salas na nova ala têm uma atmosfera nitidamente oriental. A Sala de Almoço Chinesa, encarnada e azul, é composta por partes das salas de banquetes e de música do Royal Pavilion, mas tem uma chaminé, também vinda de Brighton, com um desenho mais indiano do que chinês. A Sala-de-Estar Amarela tem um papel de parede do século XVIII, que foi fornecido, em 1817, para o Salão de Brightom. A chaminé desta sala é uma visão europeia do que seria um equivalente chinês, completada com mandarins a acenar com a cabeça, colocados em nichos, e espantosos dragões chineses alados .

No centro da ala Este fica o famoso balcão, com a Sala de Centro por trás das suas portas de vidro. Este salão possui um estilo chinês, realçado pela rainha Maria que, trabalhando com o desenho de Sir Charles Allom, criou um "obrigatório" tema chinês, que duraria até ao final da década de 1920, embora as portas lacadas tivessem sido trazidas de Brighton em 1873. Estendida ao longo de todo o comprimento do "piano nobile" da ala Este fica a grande galeria, modestamente conhecida como o Corredor Principal, o qual cobre o comprimento do lado oriental do quadrângulo. Este tem portas e paredes espelhadas que reflectem pagodes de porcelana e outro mobiliário oriental de Brightom. A Sala de Almoço Chinesa e a Sala-de-Estar Amarela estão situadas em cada extremo desta galeria, com a Sala de Centro colocada, obviamente, ao centro.

Actualmente, os Chefes de Estado em visita, quando ficam no palácio, ocupam um conjunto de salas conhecido como a "suite belga", a qual fica no piso térreo da fachada Norte, voltada para o jardim. Essas salas, com corredores realçados por cúpulas baixas, foram inicialmente decoradas para o tio do príncipe Alberto, Leopoldo I da Bélgica, o primeiro rei dos belgas. O rei Eduardo VIII viveu nessas salas durante o seu curto reinado.

O jardim, as cavalariças reais e a alameda


Por trás do Palácio, fica o jardim do Palácio de Buckingham, vasto e semelhante a um parque. A fachada do palácio voltada para o jardim foi desenhada por Nash, e é feita em pedra de Bath, com tons de ouro pálido. O jardim, que inclui um lago, é o maior jardim privado de Londres.

É neste jardim que a rainha apresenta as suas festas de jardim, anualmente no Verão, mas desde Junho de 2002 que a soberana tem convidado o público para o jardim em numerosas ocasiões. O Jubileu de Ouro da rainha, em 2002, e o seu 80º aniversário, em 2006, foram assinalados com festas espectaculares.

Adjacente ao palácio ficam os "Royal Mews", também projetados por Nash, onde as carruagens reais estão alojadas, incluindo o Coche Estatal Dourado. Este coche dourado em estilo Rococó foi desenhado por Sir William Chambers, em 1760, e tem pinturas de Giovanni Battista Cipriani. A sua estreia ocorreu na Abertura Estatal do Parlamento, por Jorge III, em 1762, e é usado pelo monarca somente para a coroação ou para as celebrações de jubileus[29]. Os cavalos usados para puxar as carruagens nos cortejos cerimoniais Reais também estão alojados nos "Royal Mews".

A Alameda (conhecida como The Mall), uma via de aproximação cerimonial ao palácio, foi desenhada por Sir Aston Webb e concluída em 1911 como parte de um grande memorial à rainha Vitória. Esta alameda estende-se desde o Arco do Almirantado (Admiralty Arch), subindo até à rotunda em volta do Memorial de Vitória e ao átrio do palácio. Esta via é usada para as cavalgadas e desfiles de automóveis de todos os chefes de estados em visita, e também pela família real em ocasiões de estado, como a anual Abertura Estatal do Parlamento e o "Trooping the Colour" de cada ano.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://neverendingstory.forumeiros.com
 
Palácio de Buckinham
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Palácio Duque de Caxias
» PROLOGO - AMAZON LILY
» F2 - Palácio da Arte
» [Kiri] Palácio do Mizukage

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Never Ending Story :: Mundo :: Londres-
Ir para: